Pablo Henrique – Das drogas para o diaconato

Meu nome é Pablo Henrique, natural de Tiradentes, Minas Gerais e tenho hoje em 17 de setembro de 2015, 21 anos e quero dar um breve testemunho da minha vida.
Infelizmente, quando eu tinha cerca de 15 anos, eu conheci o mundo, onde vivi uma vida de prostituições, alcoolismo, “curtições” e muitas drogas. Quando lá estava, achava que era alegre e pensei que tinha paz. Mas a realidade se mostrou logo para mim, de uma maneira bem desagradável, pois estava me destruindo tanto física quanto espiritualmente.
Tudo começou em uma breve saída com os “colegas” , uma simples noite de curtição e alegrias adolescentes. Naquela noite, resolvi experimentar um gole de cerveja que eles me deram. Da cerveja para o cigarro fui imediato e dele, cheguei até a maconha.
Quando cheguei nesse ponto, os efeitos alucinógenos e altamente viciantes dessa droga, logo me levaram para outra mais forte ainda – a cocaína.     Venho dizer que esse pó branco desgraçado, estava acabando com a minha vida, consumindo meu dinheiro, meu caráter, minha honra, meu nome e minha saúde. Fuja disso enquanto é tempo, pois durante os quase 4 anos no mundo, eu quase parti para experimentar a pedra da morte – o craque.
Se eu tivesse iniciado o uso do craque, certamente eu não estaria aqui hoje contando, para a Glória do Senhor Jesus esse testemunho, que servirá de alerta para milhares e milhares de jovens que são usuários. Eu estava totalmente destruído em todas as áreas da minha vida, saiba que as drogas não vão te dar nada, somente vão roubar, matar e destruir, pois elas vem do pai da destruição que é o Diabo. E quando estava nesse “fundo de poço”, tomei uma importante decisão, e da mesma maneira que entrei rápido para a perdição, de maneira muito veloz reconheci meu erro e busquei a ajuda necessária para me livrar do mal.
Numa noite de quinta-feira, me arrumei todo, não para ir comprar e usar as “porcarias” das drogas, mas para ir a um culto ao Senhor Jesus numa Igreja Evangélica aqui na minha cidade. Tenho grande amor e carinho por essa igreja, pois foi nela que Jesus fez a obra na minha vida; ela foi a porta que Deus preparou para me salvar, me libertar e me restaurar por completo. Hoje digo com absoluta certeza, que minha vida tem um rumo certo – Jesus Cristo.
Quando cheguei na igreja, fui muito bem recebido e o Pastor Waldir estava pregando uma palavra abençoada, dizendo que esse Deus sobrenatural, chamado Jesus Cristo, poderia me libertar. Nesse mesmo dia, eu o aceitei como único e suficiente Senhor e Salvador e o pedido que fiz, foi concedido, pois daquele culto em diante, nunca mais usei nenhum tipo de droga (cigarro, bebidas alcoólicas, maconha e cocaína). Cito aqui o carinho com que todos me acolheram; os jovens não tiveram preconceito de mim, logo me envolveram nos trabalhos da igreja e cada vez mais, fui me fortalecendo nos caminhos do Senhor Jesus; o pastor também sempre me acolheu e me ensinou a buscar a Deus em oração e jejum.
Muitos podem se perguntar: “Mas como isso é possível?” Digo que tudo é possível ao que crê (Marcos 9.23). Muitas pessoas passam anos se tratando, tomando medicamentos, mas logo depois voltam para o mundo dos vícios, digo que se você verdadeiramente abrir o seu coração para Jesus entrar, assim como eu fiz, também será liberto de todo mal, pois a Bíblia nos ensina:
João 8.32: “Conhecereis a verdade e a verdade te libertará.”
Digo que Jesus é a Verdade (João 14.6) que nos liberta, e se Ele nos libertar, verdadeiramente seremos livres (João 8.36). Ao conhecer o Senhor, eu fui totalmente liberto de todo mal; graças a Deus, pois hoje, continuo firme nos caminhos santos do Senhor, sou casado e tenho um ótimo emprego e uma família abençoada; Deus me deu um filho e somos todos servos do Altíssimo.
Todos os dias da minha vida eu louvo a Deus pelas grandes vitórias que Ele tem me concedido. Eu não sei qual é o seu problema hoje, quais adversidades tem passado e nem mesmo seu nome, mas o que sei eu te ensino agora: “Jesus tem uma solução definitiva para a sua vida, Ele pode resolver de uma vez para sempre todos os teus males.
Venha para Jesus agora mesmo, onde você estiver, lendo essas páginas, pode ser ai na prisão, numa clínica de tratamento para dependentes químicos, não importa onde esteja, Jesus te conhece e quer fazer com você o que fez comigo. O Mestre nos disse que a Paz que Ele nos dá, o mundo não pode dar igual (João 14.27) e todo que vai até Ele, de maneira alguma será lançado fora (João 6.37).
Se inspire na minha vida e tome as atitudes que eu tomei, de buscar em Jesus a verdadeira libertação. Que a Graça e a Paz do Senhor seja contigo. Um grande abraço. Diácono Pablo Henrique de Paiva.

Extraído do livro: Quando tudo diz que não ainda existe uma Esperança! do Pastor Marlon Anderson

Comentar
Categories: Testemunhos