Papa Francisco diz que Deus fracassou!

Papa Francisco diz que Deus fracassou!

  • Papa Francisco diz que Deus fracassou
    • Papa Francisco diz que Deus fracassou

    • Watch Video

Queridos leitores, fiquem sem chão quando ouvi o “sábio sucessor” de Pedro, o Papa Francisco, líder da Igreja Católica Apostólica Romana, dizer com todas as letras que Deus fracassou, quando Jesus morreu na cruz do calvário. Muito me assusta o Papa Francisco, que se diz sucessor de Pedro, lançar uma palavra de tamanha blasfêmia contra Deus. Se Jesus não tivesse morrido na cruz do calvário, estaríamos condenados a perdição eterna. Leiam o estudo que nos mostra pelo menos quatro benefícios que recebemos pela morte de Jesus na cruz.

Quatro benefícios que recebemos pelo Sangue de Jesus derramado na cruz

Jesus foi sacrificado na cruz. O primeiro benefício que passa na mente de cada pessoa ao se confrontar com essa verdade é a purificação de pecados, mas vemos que vai além disso ao nos aprofundarmos mais no tema. Neste estudo verás um pouco mais sobre as bênçãos que recebemos pelo Sangue de Jesus.

1. Purificação dos nossos pecados

“mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado” (1 João 1.7)

“Por isso também Jesus, para santificar o povo pelo seu próprio sangue, sofreu fora da porta.” (Hebreus 13.12)

Jesus foi sacrificado na cruz. Seu precioso sangue foi totalmente derramado. O primeiro benefício que passa na mente de cada pessoa ao se confrontar com essa verdade é a purificação de pecados.

O pecado é purificado através de sangue derramado, pois o salário do pecado é a morte. Todo dia os sacerdotes levíticos ofereciam sacrifícios de animais pelo pecado do povo e pelos seus próprios, sacrifícios esses que não libertavam o povo da escravidão do pecado, mas o sacrifício perfeito, capaz de nos libertar de uma vez por todas dos laços do pecado foi o de Jesus:

10 É nessa vontade dele que temos sido santificados pela oferta do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez para sempre.
11 Ora, todo sacerdote se apresenta dia após dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar pecados;
12 mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados, assentou-se para sempre à direita de Deus (Hebreus 10.10-12)

Temos que ter consciência de que é possível nos achegarmos a Deus, com o coração arrependido e invocar a misericórdia e o perdão do Senhor. Ele nos perdoará, porque Deus deu o Seu Filho como oferta pelo pecado não para julgar o mundo, mas para salvar (João 3.17; 1 João 1.9).

Não importa o tamanho ou a quantidade de pecados. Jesus foi o sacrifício perfeito, que remove e nos liberta de todos os nossos pecados de uma vez por todas!

“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” (João 8.36)

2. Comunhão com o Senhor

19 Tendo pois, irmãos, ousadia para entrarmos no santíssimo lugar, pelo sangue de Jesus,
20 pelo caminho que ele nos inaugurou, caminho novo e vivo, através do véu, isto é, da sua carne,
21 e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus,
22 cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência, e o corpo lavado com água limpa
(Hebreus 10.19-22)

Os benefícios do Sangue de Jesus derramado por nós não ficam somente na remissão de pecados.

Por intermédio do Sangue de Jesus temos direito à comunhão e à presença de Deus. Jesus passou a se tornar o nosso único Mediador e único Caminho ao Pai. O Sangue de Jesus nos aproxima tanto do Pai que:

Recebê-lo é receber ao Pai:

“Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.” (Mateus 10.40).

Recebê-lo é receber o direito de ser filho de Deus:

“Mas, a todos quantos o receberam, aos que creem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.” (João 1.12-13)

Recebê-lo é uma necessidade. Para ver o Pai, somente através de Jesus, o Caminho (João 1.18).

3. Vitória sobre o adversário

“Então, ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e o poder, e o reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo; porque já foi lançado fora o acusador de nossos irmãos, o qual diante do nosso Deus os acusava dia e noite. E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até a morte.” (Apocalipse 12.10-11)

A recompensa do pecado é a morte. Quando estamos em pecado Satanás nos acusa de dia e de noite diante do nosso Deus. Quando nos arrependemos, entregamos nossa vida ao Senhor, somos lavados no Sangue do Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo, e passamos a viver a Palavra do Testemunho de Jesus, nossa dívida é perdoada e os argumentos de Satanás são calados.

“e a vós, quando estáveis mortos nos vossos delitos e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-nos todos os delitos; e havendo riscado o escrito de dívida que havia contra nós nas suas ordenanças, o qual nos era contrário, removeu-o do meio de nós, cravando-o na cruz” (Colossenses 2.13-14)

Arrepender-se é ser lavado pelo Sangue de Jesus, e este Sangue derramado é o único que paga a dívida do nosso pecado. Ser lavado pelo Sangue de Jesus e passar a viver a Palavra são as ferramentas para vencer qualquer acusação do Diabo.

Não precisamos viver uma vida de culpa e derrota. Satanás foi vencido na cruz, a morte foi vencida por Jesus. Tudo o que precisamos hoje é reconhecer nossos pecados e nos achegarmos a Deus. Ele nos lavará no Sangue de Jesus.

4. Libertação de uma vida vã, e o estabelecimento de uma vida com propósito

“sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com precioso sangue, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha, o sangue de Cristo” (1 Pedro 1.18-19)

Nossa vida passou a ter um propósito quando fomos resgatados por Jesus. Ele ofereceu Seu próprio Sangue para isso. Nosso fim era a morte, a partir de agora é a vida.

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Romanos 6.23)

Na nossa vã maneira de viver, não recebíamos recompensa nenhuma pelas nossas atitudes, comportamentos ou pensamentos. Tudo o que fazíamos é vergonha para nós hoje (Romanos 6.21). Jesus nos resgatou com o Seu Sangue, e nos trouxe para a vida (Romanos 6.23). Hoje temos certeza que somos novas criaturas, com nova identidade em Cristo, e com um propósito e um chamado do Pai (2 Coríntios 5.17-21).

Conclusão

Devemos reconhecer o sacrifício de Jesus na cruz. Devemos compreender que o preço foi alto pela nossa vida. Assim, que nos valorizemos a nós mesmos, recebamos a Jesus como Salvador, creiamos que Deus O ressuscitou dentre os mortos e que Ele é o único Caminho ao Pai. Que nos tornemos embaixadores da Palavra da Reconciliação, e apregoemos as boas-novas do Senhor: Jesus Cristo é o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

 

 

 

Fonte:http://www.ibcjp.net/estudos/4-beneficios-que-recebemos-pelo-sangue-de-jesus/

 

Comentar
Categories: Blog